Edição de 5 de março de 2009

Nesta quinta-feira, 5 de março, é destaque no Jornal A Região:

 

SARANDIENSE É O 2º LUGAR GERAL NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

No topo dos melhores desempenhos do vestibular de 2009 da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), aparace o sarandiense Cássio Cucchi, de 19 anos, filho de Ubiratan Cuchi e Adriana Maria Pasquetii, o segundo colocado na classificação geral no vestibular.

Cássio já cursava Farmácia na mesma universidade, mas na metade de 2008 resolvecassio-chuci-1u deixar o curso e se dedicar, novamente, ao cursinho para tentar Medicina. Depois de tanto estudo, Cássio conquistou o 2º lugar geral na Universidade, errando apenas 13 questões no vestibular. Cássio também foi aprovado pelo ENEM e em várias universidades particulares.

A família de Cássio está muito feliz e orgulhosa com o seu desempenho e agradece à família de Roberto e Regina Venturini, de Santa Maria, onde Cássio reside há 3 anos.

 

AGRICULTORES PROTESTAM CONTRA TRANSPORTE ESCOLAR OFERECIDO PELA SME

As mudanças implementadas pela Secretaria Municipal de Educação (SME) no transporte escolar das comunidades do Novo Sarandi – COANOL, Assentamento Tarumã e Área 10 provocaram reações negativas nos moradores destas localidades. Para demonstrar o descontentamento, um grupo formado por mais de 40 agricultores esteve na Prefeitura Municipal na tarde de terça-feira, 3, para protestar contra o que chamaram de “questões político-partidárias”.

Os agricultores entregaram uma carta, considerada brusca pelo vice-prefeito, Paulo Kasper, onde apontam os principais motivos que os levaram a contestar a decisão da SME em trocar o motorista do transporte escolar, colocando um veículo próprio e não mais terceirizando o serviço, como vinha sendo feito, segundo os manifestantes, há pelo menos 13 anos. “Durante todos estes anos tivemos um trabalho correto e de respeito a quem o fez. Este motorista colocado pela SME não é digno da nossa confiança e tampouco faz parte da nossa comunidade”, afirmaram os representantes dos moradores, Adilson Mânica, Luís Hahn e Laudenir Bianchessi.

Recebidos em uma audiência pelo vice-prefeito e pela secretária Municipal de Educação, Márcia Beckmann, os agricultores apresentaram um abaixo-assinado contendo os nomes dos moradores das comunidades reivindicando, em primeiro lugar, a troca do motorista do transporte escolar. “Não vamos aceitar que uma pessoa recém habilitada transporte nossos filhos. A segurança deve ser priorizada”, enfatizou Mânica, acrescentando que a substituição do motorista e do veículo foi feita sem a comunidade ter sido consultada, o que gerou revolta nos moradores. “Sempre tomamos nossas decisões, independente do partido político que estivesse no poder. Isto que fizeram conosco é um desrespeito”.

Com aproximadamente 60 alunos, a escola Sepé Tiaraju é mantida pelo Estado. Em dois turnos, oferece ensino até a sexta série do fundamental. O transporte escolar começou a funcionar em 1996 quando muitas famílias adquiriram lotes de terras distantes da sede, dificultando o acesso das crianças e jovens à escola. “Quase todos os anos tivemos que lutar para que esta escola continuasse aberta. Todas as conquistas foram lutas nossas, de nossa comunidade e abrangência da escola, feitas por nós, sem intervenção nem de partidos políticos e nem de poderes públicos”, informa a carta escrita pelos manifestantes.

Ouvindo as queixas, a secretária de educação rebateu as críticas feitas ao motorista e ressaltou que “jamais um profissional seria contratado para o transporte escolar se não estivesse habilitado e preparado para exercer a função”. Márcia declarou que o fim do contrato de terceirização foi feito com o objetivo de reduzir os custos para o município, que no ano passado havia adquirido veículos para a realização do trabalho. “Havia um veículo disponível para realizar o transporte na comunidade. Não havia razão para continuar terceirizando o serviço”, argumentou a secretária.

Sobre a intervenção da SME na escola, criticada pelos manifestantes, Márcia falou que o município cumpre com a sua parte firmada em um acordo com a Secretaria Estadual de Educação, visto que a escola Sepé Tiaraju é de responsabilidade do Estado. “Não podemos intervir em uma instituição que não está sob nossa responsabilidade”, destacou ela. Na próxima semana o prefeito Cardozo, o vice-prefeito e a secretária de educação devem ir até a comunidade da Coanol para conversar com os manifestantes. “Precisamos sentar e esclarecer a situação. Juntos poderemos encontrar uma solução que contente a todos”, garantiu Márcia.

 

 

 

ESCOLINHA MUNICIPAL DE VOLEIBOL INICIA ATIVIDADES

 

Em uma semana marcada, principalmente, pela volta às aulas, o Conselho Municipal de Desportos (CMD) promoveu o reinício das atividades de todas as suas oficinas. Na tarde de ontem, 4, no Ginásio Municipal de Esportes Pedro de Marco, foi a Escolinha Municipal de Voleibol que reuniu atletas de quatro categorias para o começo dos treinos em 2009.

Dando às boas-vindas a todos e enaltecendo a importância da Escolinha na formação pessoal, o vice-prefeito, Paulo Kasper, disse estar contente por ver que tantas crianças e adolescentes se dedicam a prática esportiva. “Esporte é disciplina, educação, dedicação e conhecimento. Aproveitem ao máximo esta oportunidade e busquem aprender sempre mais”, avolei-1firmou Kasper, elogiando o trabalho realizado pela professora Carla Colussi com as participantes da oficina.

Atendendo cerca de 120 meninas dos 7 aos 17 anos, a Escolinha Municipal de Voleibol é mantida pela Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Educação (SME) e pelo CMD. Os treinos ocorrem nas segundas, quartas e sextas-feiras, em turno inverso ao escolar. De acordo com a professora Carla, responsável pelo treinamento das atletas, o voleibol é uma modalidade esportiva que oportuniza o desenvolvimento de diversas características que irão contribuir com a melhora no rendimento escolar. “Qualquer esporte desenvolve a disciplina, a dedicação, a educação e promove uma mudança de hábitos. Com o voleibol não é diferente, pois conseguimos trabalhar todos estes princípios sempre fazendo com que a atenção seja redobrada e, posteriormente, utilizada em sala de aula para aprender os conteúdos”, frizou Carla.

Para motivar ainda mais as meninas da Escolinha, Carla adianta que está entrando em contato com profissionais de outros municípios com o objetivo de promover um torneio de integração. “O mais importante não é a competição em si, mas o que se aprende com ela. O esporte propicia aprendizados ininterruptos”, resumiu a professora.

 

 

PREFEITOS SÃO EMPOSSADOS PRESIDENTES DA JUNTA DE SERVIÇO MILITAR

Nesta primeira semana do mês de Março de 2009, aconteceu à cerimônia de posse dos Presidentes de Junta de Serviço Militar, no gabinete do Prefeito Municipal de Sarandi, Leonir Cardozo. Conforme previsto nos § 1° e 3°, do Art. 11, da Lei n° 4.375, de 17 de agosto de 1964, Lei do Serviço Militar, nos municípios administrativos, as Juntas de Serviço Militar serão presididas pelos Prefeitos, tendo como secretários um funcionário municipal ou agente estatísticimagem1o local de reconhecida idoneidade moral. A responsabilidade de instalação e manutenção das Juntas de Serviço Militar, em qualquer caso, é da responsabilidade do Município Administrativo. De acordo com o previsto na portaria n° 140-DGP, de 19 de junho de 2008, compete ao chefe da Circunscrição de Serviço Militar empossar os prefeitos de sua área, que deverão prestar juramento perante a Bandeira Nacional e assinar o respectivo termo de posse.

Para esta solenidade foram convidados os seguintes Prefeitos Municipais: Leonir Cardozo prefeito de Sarandi, Lourenço Ardenghi Filho de Palmeira das Missões, Bráulio Zatti de Constantina, José Krzyzanski de Liberato Salzano, de Ronda Alta José Fontana, de Trindade do Sul Valdomiro José Bosa, de Sagrada Família Alcides Ce da Silva, de Barra Funda Alexandre Elias Nicola, de Gramado dos Loureiros Antonio João Ceresoli, de Novo Xingu Gielcio Martinelli. A cerimônia contou ainda com o Tenente Coronel Mauro Santos Vilela, chefe da 10ª Circunscrição de Serviço Militar, demais militares integrantes da Comissão vindos da Cidade de Santo Ângelo, além do Primeiro Tenente Nei Gilberto Correia Bomicieli, Delegado da 14ª Delegacia de Serviço Militar.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s